Decoração de quarto de casal – dicas

As nossas dicas para a decoração do seu quarto de casal vai se basear em apartamentos pequenos, que são os mais comuns hoje em dia, e muitos casais tem duvidas em como decorar seus quartos porque a premissa é justamente ter uma cama grande.

Na verdade, cada vez mais a tendência mostrou que ao longo dos anos os quartos ficaram menos e os colchões ficaram maiores. Como resolver isso?

Bom, o fato é que ao contrário da cama de solteiro, a cama de casal geralmente não pode ser colocada encostada na parede ou em uma quina, pois ela precisa dos dois espaços laterais de cada lado.

A grande dica para deixar o espaço mais amplo é fazer com que o quarto pareça maior do que de fato ele é. Para isso,  basta usar espelhos e acessórios leves como cortinas (neutras ou claras), que são truques clássicos e dão sensação de profundidade e amplidão.

Em relação aos móveis, escolha madeiras que sejam claras ou aposte simplesmente no branco. A sugestão é usar poucos móveis que possam suprir as necessidades básicas.

Além disso, se possível, livre-se do criado-mudo para liberar ainda mais espaço ou, no máximo, aproveite-o para guardar tudo o quanto puder. Se preferir, substitua o criado mudo por uma mesa lateral.

Quanto à cama, que tal optar pelos modelos box com gavetões ou baú? Esses modelos são bastante úteis porque é possível guardar enxoval, cobertores e até malas na parte de baixo.

E o armário? Bom, se o apartamento tiver um segundo dormitório, transfira o armário para lá (pois armários de casais costumam ocupar bastante espaço) ou quebre a parede para criar uma espécie de closet.

Muitas vezes isso não é possível, é claro. Nesses casos, use peças de correr ou sanfonadas nas portas do armário (e até do banheiro e de outras partes da casa), pois elas vão economizar bastante o espaço.

Você também pode consultar um arquiteto ou design de interiores para criar um painel no quarto, que serviria de nicho e divisória para a TV e outros equipamentos do quarto.

As cores também são muito importantes, mas quanto a elas preferimos nos abstecer, porque vai depender muito do tipo de relacionamento e da personalidade comum do casal, não é mesmo?